Tuesday, October 11, 2011

Signs, signs

Note: Credo, escrevi esse post em Agosto e so estou postando agora. Depois desse aqui, acho que vou abandonar o blog por um tempo... Nao estou tendo tempo de blogar e eh aquela coisa, ne? Voce nao podendo visitar os outros blogs, as pessoas tb nao te visitam...

---------

Fazia um tempao que estava com vontade de tirar uma foto desse sign de "veadinho cruzando" pra colocar aqui no blog, mas sempre que passava por um, era rapido e nao dava pra tirar foto. Tem muitos deles por onde eu moro, pois voce ve veadinhos em tudo quanto eh lugar.

Essas fotos abaixo foram tiradas la no resort que fui com Al em Agosto e eles chegavam ali do seu lado, sem medo nenhum. Olha quantos bebezinhos nessas fotos! Lindos!








Entao nessa viagem que fiz com o Al, passamos um monte desses signs e cade que eu conseguia tirar uma foto? Ja estava virando missao e Al so rindo da minha cara, ate que perto daquele conservatorio rale de borboletas tinha um. Literalmente paramos o carro pra eu bater uma foto, hahaha. E nem me toquei que tem um em cada esquina aqui em Pittsburgh.

E esse abaixo, por favor, espero que os mais idosos nao se ofendam, mas eu e minhas cunhadas caimos de rir quando vimos la em Salem e tivemos que tirar uma foto. Diz: "Atencao: Idosos Cruzando" (a rua). Foi novidade, pois nunca tinhamos visto um igual. Sorry, but it was hilarious!

E onde voces moram? Tem algum sinal interessante que possam compartilhar?

8 comments:

Marlia said...

Lu,

Acho lindo os veadinhos que vemos aqui nos Estados Unidos, mas os carrapatinho deles transmitem uma doença que se chama Lyme. Muito comum por aqui por Maryland, conheço varias pessoas que tiveram e estao com a doença. Uma doença horrível que demora muito a ser curada e que ataca o sistema nervoso. Infelizmente meu esposo descobriu na semana passada que está com essa doença e já está tomando antibioticos e vitamina D para tentar se curar logo.

Beijos,

Marlia

Tatiana said...

Lu, lembra de uns posts que fiz de "que bicho estranho tem ai onde você mora?",pelo visto os teus são os veadinhos...que foooofos....os meus são os patos, e la em Cancun eram os lagartos!!!
Mas nunca vi nenhum sign anunciando a presença deles não...rs.
Vem cá, que negocio e esse de dar um tempo??
Não abandona não, vem quando der, sem obrigação!!!
É o que eu tenho feito.
Bjks!

Dani dutch said...

Lu, por aqui são as ovelhinhas, e perto da minha casa, é um grupo de ganso/pato que as vezes eles param o transito e o carros la buzinando e eles não saem de jeito nenhum da rua.
Eles moram num parque aqui por perto. bjuss

Monica said...

Oi Lu, não para de postar. Pode ser um por semana mas escreve algo, ok.
Aqui em NY tem os esquilos que eu amo e agora parece que tem mais nos parque porque o inverno está quase ai. Eles ficam colhendo nozes e tem até uma foto no meu FB. Também os indesejáveis ratos por todos os lados, principalmente dentro dos subways. Confesso que as vezes sonho com aquele flautista que toca uma musica e todos os ratos o seguem e depois em em um rio e morrem. Não sei o nome desta fábula mas bem que podia aparecer um real "one" aqui e acabar com estes ratos.
Bjs, Monica/NY

Ellie said...

Oi Lu, Aqui tambem tem os signs dos veadinhos, mas nunca vi esse dos idosos.

A fabula que a Monica comentou eh o "Pied Piper of Hamelin".

Beijinhos

Nani said...

hahahha Parece eu quando era Au Pair e tinha acabado de chegar nos EUA. Tirava fotos de tudo que era sinal, ate de placas de ruas hahahaah.
Lu, que lindos essas "bambis". Fofos! Eu via muito em Massachusetts tb! Adoro. Aqui vemos no Colorado. Uma vez dirigindo por uma cidadezinha daquelas bem estilo filme mesmo, vimos várias casas com veados, e moose, elks deitados no quintal da frente das casas, assim como se fossem animais de estimação!!! Fiquei boba.

Nani said...

Ah, eles não eram animais de estimação não, ninguém os prenderam, eles estava apenas hanging out mesmo.

Felina said...

aqui em Salvador só o que tem de interessante em relação aos sinais é que eles "não pegam", o povo ignora mesmo, na cara de pau, triste uma sociedade dessas.