Wednesday, August 17, 2011

Salem - cidade das bruxas

Salem, Parte 1:

A viagem pra Salem foi fantastica. Nao so nos divertimos pacas, mas a cidade eh rica em historia e tivemos oportunidades de visitar varios lugares onde muita coisa triste aconteceu e ver artifatos de uns 300 anos atras. Nem preciso dizer que fiquei babando, ne? Quanto mais velho um objeto ou casa eram, mais eu ficava ali por loooongos minutos olhando e observando tudo (e tirando foto quando podia). Coitadas das cunhadas, hahaha.
















A historia de Salem eh triste. Muita gente inocente foi acusada de bruxaria, torturadas e assassinadas. Que sociedade de mentalidade pequena e o fanaticismo por religiao daquela sociedade puritana eram tao imensas que as pessoas eram ate meio loucas.








As acusacoes de bruxaria eram super convinientes aos juizes e pessoas de poder daquela epoca, pois assim que a vitima era acusada, eles confiscavam todos os seus bens e ainda faziam a pessoa pagar pela "estadia" na prisao, pelas correntes e cordas que as amarravam, a comida e tudo mais. Eu nao sabia disso e fiquei mais horrorizada ainda com a injustica.

Visitamos as casas e lugares onde as vitimas eram julgadas e presas e nossa! Deu ate arrepio ver certas celas do porao e um pedaco de madeira daquela epoca que segurava uma das paredes. A gente podia tocar nessa madeira... Vou falar de cada lugar que visitamos em outros posts.

Outro lugar que visitamos ali perto do cemiterio era um memorial pras 19 vitimas. 18 foram enforcadas e 1 foi espremido ate morrer (contarei em detalhes sobre isso nos proximos posts). Na entrada desse memorial, eles 'carved' nas pedras palavras de algumas pessoas e uma delas me tocou mais do que outras. Dizia "Oh Lord, help me"! Ate agora me bate uma tristeza tao grande ao lembrar e ver a foto dessa palavra ali registrada para sempre na pedra da entrada...








O que eu nao entendo eh como essas pessoas ignorantes nao conseguiam (e conseguem ate hoje, pois ainda existe muito fanatismo e ignorancia nesse mundo) ver que se o diabo existisse como acreditavam, elas mesmas estavam agindo sobre influencia, pois como conseguem acusar, torturar, inventar mentiras, fazer outros sofrerem horrores e assassina-los? Como conseguem destruir a vida da pessoa e da familia e nao estarem nem ai? E ainda por cima repetir tudo isso com outras pessoas?

No proximo post eu conto melhor como essa histeria comecou e como ela acabou, mas deixou uma cidade com uma historia muito triste e a mais famosa e conhecida mundialmente como cidade das bruxas.

To be continued...

5 comments:

Fernanda said...

Nossa Lu, me lembro do filme. Fanatismo sempre foi um dos males da humanidade, e pena que mesmo hoje com toda nossa "evolucao" ainda sofremos desse mal.

zzaguiar said...

Inacreditavel, um absurdo mesmo! Deve ter sido um passeio muito interessantem alem de triste, claro! Tocante acho que define bem.

Hum, agora entendi as fotos!

Adoraria ter ido com vc, pois eu sei que vc sempre foi atraida pelo assunto!

Bjs, zz.

Nani said...

Adorei seu pensamento Lu. Mas no fim, acho que essa crença deles na verdade era uma desculpa para fazer o que faziam com as pessoas. Gente má por natureza. Provavelmente já nasceram sem o frontal lobe e nao tinham como julgar o certo do errado haha.

Mas que é triste é né? Ai, dá até arrepio!!!
Que bom que você gostou de Salem. Voce chegou a ir outro lugar em Massachusetts? Já tinha ido ao Estado antes?

Beth/Lilás said...

As Bruxas de SAlem, acho que tem até um filme, né mesmo?
Muito legal! Gostaria de conhecer estas paragens,mas este país é tão continental que só mesmo vocês morando é que podem fazer isso.
bjs cariocas

Mila Viegas said...

Isso é complicado demais. Usar de tais artifícios para manipulação e em benefício próprio confiscando os bens de pessoas injustamente acusadas. Repugno. Acho que eu choraria ao ler essas frases encravadas nesse memorial. Imagino a energia que esse lugar tem, pois se ao ler o seu relato já sinto tristeza imagine estar lá pessoalmente?

Lembra demais o livro que já estou escrevendo há sete anos. Estou adorando ler os posts.

Beijos