Tuesday, July 6, 2010

Firme na minha decisao

Vai fazer um mes que eu realmente tomei a decisao de sair da minha compania atual e comecei a procurar outra coisa. Oportunidade eh que nao falta, mas o problema eh que apesar de eu nao gostar do que eu faco, tenho que admitir que minha compania eh uma das melhores e mais competitivas em termos de salario, nesse ramo que estou.

Nessas ultimas semanas, passei por varias entrevistas, agoniei tentando tomar uma decisao e resolvi falar "nao" pras propostas que recebi e continuar onde estou. Pensei comigo mesma: "Devo estar louca fazendo isso, pois queria tanto sair pra outra compania!" Louca de ter passado e me preparado pra todas essas entrevistas diferentes e no final nao aceitando nada. Mas com a ajuda do meu querido pai, que me ajudou a analizar a situacao em detalhes, conversando comigo como so ele consegue entender a minha cabeca e maneira de pensar, tomei a decisao que com certeza eh melhor pra mim nesse momento.

Nesse ponto, posso dizer que meu pai me entende e me ajuda a analizar esses tipos de situacoes melhor do que o Al! Nossa maneira de pensar e analizar as coisas eh quase igual e confesso que fiquei tranquila com a decisao a tomar depois que conversei com ele.

Agradeco muito tb a minha querida amiga Zeze, Al e Judy que me ajudaram a decidir sobre uma das companias, mas posso dizer que meu pai realmente tem uma visao analitica e uma maneira de pensar igualzinha a minha, entao entendeu melhor do que ninguem o que se passava na minha cabeca e como eu queria tomar uma decisao antes mesmo do fato ter ocorrido.

Eu sou o tipo de pessoa que precisa ter decisoes planejadas a tomar pra tudo quanto eh tipo de cenario diferente. Faco minha pesquisa detalhadamente, procuro saber todos os fatores e analizo tudo tintim por tintim. Nao consigo esperar pra ver o que vai acontecer pra so assim tomar uma decisao, isso me deixa agoniada e nao da! Nao eh assim que minha mente funciona. Tenho que estar preparada com outras solucoes se nao acontecer o que estava esperando, pra saber exatamente o que fazer e como agir rapidamente. Se meu plano A nao da certo, preciso ter um plano B, C e as vezes ate um D!

Apesar de ja ter sido promovida ate o maximo onde posso chegar nessa minha atual compania e nao ter mais pra onde subir no meu departamento (tai o principal motivo pelo qual queria trocar de emprego), vou ficar la pelas seguintes razoes:

- O que eu quero mesmo eh ter meu proprio negocio. Se trocasse de emprego agora, teria que me dedicar a essa nova posicao e ter que aprender como as coisas funcionam no lugar novo, passar pela fase de adaptacao e tal e onde estou agora, eu posso fazer meu trabalho de olhos fechados. Esse ambiente familiar me da oportunidade de focar e me dedicar ao que realmente eh importante pra mim agora - meu negocio.

(E pq entao eu estava procurando outra coisa, voces perguntam? Porque eu tenho que trabalhar fora mais uns dois anos ate comprarmos nossa casa e eu ter meu negocio estabelecido. E eu nao queria continuar na mesma rotina por mais uns dois anos...)

- Tenho tb na minha compania atual, a oportunidade de fazer meu mestrado de graca (pois eles pagam tudinho adiantado, eu so tenho que tirar nota boa) e pegar mais certificacoes no meu nome e inclusive fazer um curso de espanhol que estava querendo fazer ha tempos (tudo pago pela compania). Vou aumentar meu conhecimento, melhorar meu curriculo sem precisar enfiar a mao no meu proprio bolso.

- E com isso tudo, no final desses dois anos que me dei de prazo pra comprarmos nossa casa, nao termos divida nenhuma e ja ter meu negocio estabelecido, ja estarei num outro nivel totalmente!

Ate agora temos seguido nossos planos direitinho e estamos vendo resultados bons em retorno. Pra que entao eu iria descarretar tudo? A nao ser que fosse uma oportunidade fantastica com outra compania, mas como disse, a Verizon eh sim uma compania excelente pra qual se trabalhar, nao posso negar.

So sei que apesar de odiar rotina, querer estar sempre crescendo e aprendendo, ficar nessa posicao por mais dois anos vai ser meio tortura (isso se algo mais interessante nao aparecer pelo caminho, pois estou sempre de olho), mas tenho que focar nos projetos que estarei fazendo durante esse tempo. Isso so ira me beneficiar e estou ate meio entusiasmada agora que virei o foco pra essas oportunidades...

Essa minha jornada esta ficando cada vez mais interessante... E nao devo deixar minhas emocoes dominar ou falar mais alto do que a minha razao. Essa fase eh meio critica e muito importante pro meu desenvolvimento pessoal e tb profissional.

11 comments:

alemosquera said...

Oi Lu! Te entendo, viu? Sou do tipo de pessoa que nao aguenta ficar mais do que dois anos no mesmo emprego, me canso, quero mudar, aprender coisas novas, ver gente nova, computador novo, fazer outro trajeto para o trabalho... sei como que é! Só teve uma vez que trabalhei 6 anos no mesmo emprego, foi no jornal, mas aí era diferente, era a minha profissao e estava fazendo o que gostava. Quando a gente trabalha só pra ganhar dinheiro é normal se cansar rápido. Qdo li que vc estava querendo mudar de emprego nao entendi nada! Pensei: ué, mas ela nao ia montar um negócio próprio? hehehe, aí te entendi. Acho que o seu pai tem razao, é melhor aguentar dois anos mais. Vc pode fazer esses cursos durante esse tempo pra dar uma mudada na rotina e aproveitar a oportunidade. Dois anos passam rápido, logo você poderá deixar o trabalho e fazer o que realmente gosta. Um abraço.

Luciana Håland said...

Lucia, boa sorte e sucesso em tudo!

Mila Viegas said...

Foi o que eu te disse nos emails. E creio que mesmo sendo "torturante" realmente foi a decisão mais acertada quando se trata de deixar a razão falar mais alto.

beijocas!

Chica said...

Decisões são sempre difíceis de tomar.Bom ter a ajuda do papai. Que fiques bem onde escolheste.beijos,chica,tudo de bom!

Mary said...

Eu aproveitaria todas as oportunidades dessa empresa, o tal mestrado, curso de espanhol...isso faria esses 2 anos passarem bem mais rápido.Boa Sorte!

Nani said...

Eh isso mesmo Lu, seu pai e voce pensaram direitinho. Eu tb acabei decidindo ficar onde trabalho (no meu caso nao eh um salario bom) mas eu tenho outras vantages, pelo menos enquanto to indo p faculdade. Entao acabei ficando no mesmo lugar mesmo.
Que bom que voce chegou a conclusao e se sente aliviada. Acho que voce fez certo. Tem vezes que temos que ter paciencia em continuar trabalhando nos nossos sonhos.

Lu, uma pergunta, a empresa pela qual voce trabalha por um acaso se chama Afni? Tem uma aqui em Tucson (acho que umas duas filiais) e eles sao da Verizon. Quando vi voce falando da Verizon no post lembrei de perguntar. Achei que voce trabalhava pra Sprint.

Beijosss

Lucia Cintra said...

Nani, nao eh a Verizon (landline), mas sim a Verizon Wireless. Trabalho direto pra empresa e nao filial ou outra compania representando a empresa.

Eu trabalho num predio oferecendo tech support pelo telefone, entao tb nao lido com a pessoas cara a cara.

Se voces tiverem uma verizon wireless ai, recomendo tentar apply for a job no site deles (verizonwireless.com). Voce tera um salario bom, alem da flexibilidade do horario que quer, ajudando a conciliar com a faculdade. bjos

Estudante said...

É muito bom ter uma "estrela guia" ao nosso lado..melhor ainda que é o seu pai, que te entende bem, a te auxiliar e aconselhar nessa difícil escolha. Te desejo tudo de bom!!! Vc vai ver dois anos passam voandooo beijos

Dani dutch said...

OI Lu, tudo bem?
LU sumi um pouco, pois minha mãe está me visitando aqui ... mas na semana que vem ela retorna ao Brasil. bjuss e otimo fim de semana

Bia said...

Legal as dicas do seu pai, Lu!
As vezes a gente fica no desespero para mundar logo de rumo ou chegar aonde quer, mas com calma e paciência as coisas vão chegando! :)
E vc vai ver que o tempo vai passar rapidinho!

bjs

AlcySTar said...

Lucinha mulher! A razao eh a dona de tudo, mas a emocao eh q rege nossa vida! Nao adianda estar onde estar e nao estar feliz. Nao adianta sair e trocar 6 por meia duzia. A vida eh isso mesmo, decisoes e a gente so sabe q pode mudar o caminho, mas as vezes o "legal" eh ver que o caminho q ja estamos seguindo eh o melhor.

NAOO SEI!!! (se soubesse escrevia livro e ficava rica!)

So sei q vc colocou tudo na mesa e viu q era melhor (nesse momento) ficar. Entao fique "de boa".

***

A foto no meu post foi no meu aniversario de 30 anos. Eu tava toda arrumadinha "normal" e na hora de cantar parabens eu mudei de roupa e coloquei aquela e fiz uma "performance" ao som de "I'm a barbie girl..." foi MUITO legal, meu amigos adoraram, a festa ferveu! rs.