Friday, May 14, 2010

Homens e animais

Nao sei porque ver algum homem ou menino lidando tao carinhosamente com um bichinho me toca tanto! Talvez por assumirmos que o sexo masculino eh forte, duro e mais em par com sua razao do que emocao...

Ontem/hoje eu cheguei em casa e Al estava esperando acordado por mim (eu chego em casa umas 23:30 da noite e ele tem que levantar as 5 da madrugada pra trabalhar), e eu adoro quando posso ve-lo durante a semana. Fui dar "oi" para as minhas meninas e nao resisti e peguei a menina mais nova (e ainda sem nome, rs) na mao pra fazer carinho nela durante uns minutinhos. Sentei do lado do Al no sofa e ficamos conversando com ela tb.

Na hora de coloca-la de volta, falei pra ele fazer isso, entao ele levantou e gentilmente chegou perto dela com suas maos enormes e delicadamente a pegou com carinho e eu so ali observando esse momento tao fofo sem falar nada. A furinguinha que ja eh pequenina nas minhas proprias maos (e elas sao super pequenas), ficou minuscula dentro das maos dele. E ele a foi levando, falando com ela ao mesmo tempo, ate coloca-la de volta na sua casinha. Eu achei esse carinho todo tao bonito!

Foi a mesma coisa quando levei a cadelinha Sophia das minhas irmas no Dog Park daqui, umas semanas atras. Nesse dia tinha bastante gente por ali, inclusive uma mulher com dois filhos de uns 9 anos. Normalmente eu nao gosto muito que crianca fique em cima dos meus animais, pois a maioria delas sao chatinhas e nao sabem lidar com eles, mas esse menino me tocou.

Ele adorou a Sophia e ficava atras dela tentando protege-la dos outros cachorros enormes que vinham brincar de uma maneira meio brusca (devido ao tamanho). Teve uma hora que pegou ela no colo dizendo que ela tinha que descansar um pouco. Sua mae virou pra mim pedindo desculpas, pois o cachorro estava ali justamente pra correr, e ja ao mesmo tempo dizendo a ele pra colocar a bichinha no chao. Eu respondi: "Nao se preocupa, isso nao vai durar muito".

Dito e feito. Assim que ele a colocou no chao, ela saiu correndo pra brincar com os outros cachorros. E sua mae dizia que era incrivel como os animais gostavam do seu filho. Que quando iam no zoologico, parecia que todos os animais vinham em sua direcao. Eu sorri, pois eles reagem da mesma maneira comigo, rs.

Entao fiquei pensando em como esse menino seria quando crescesse. Talvez um homem alto e forte, mas com um coracao gentil, cheio de amor aos animais. Acho isso muito lindo. E uma das coisas mais importantes pra mim quando se trata de um relacionamento. Eu nunquinha conseguiria namorar, muito menos casar com uma pessoa que nao gostasse de animais, que nao tivesse um carinho por eles. Nao precisa ser alguem completamente louco e apaixonado por eles como eu, mas um coracao mole em relacao a animais eh imperativo, pois eu nao consigo viver sem!

Esse foto do lado eh do Al dividindo nossa cama com a Sophia depois de varios dias com ela aqui em casa. No comeco ela era proibida ate de entrar no quarto. No final dos 7 dias, a historia ja era outra. Teve uma noite que fui busca-la no quarto pra deixar o Al dormir em paz, pois ela estava "apagada" na cama e ele falou pra deixa-la ali. Sai do quarto com um sorriso no rosto (pois ele nao gosta de cachorros na nossa cama).

Entrei no quarto horas mais tarde e estavam eles la dormindo grudadinhos. Ela estava completamente com as quatro patas no ar, colada nele, mas infelizmente acordou, se mexeu e virou pro outro lado ate eu conseguir bater a foto, rs. Achei tao lindinho!

Animais sao minha vida, me fazem rir e fazem meu coracao se encher de alegria. Adoro observar suas personalidades, suas brincadeiras, seus jeitinhos unicos de ser. E ao mesmo tempo adoro quando me enchem de carinho e amor. Ganhar a confianca de um animalzinho ja eh uma conquista e tanto, ser amada de uma maneira tao pura, inocente e incondicional eh a coisa mais linda e deliciosa do mundo!

Deixo aqui um videozinho desse menino que encontrei no parque ha umas semanas atras, "resgatando" a Sophia depois dela ter corrido com tudo, em direcao a um outro cachorro grande e esse dois terem dado uma cabecada, rs.


6 comments:

Anonymous said...

É Lucinha, toda demonstração geuína de afeto é realmente um motivo para chamar nossa atenção e nos deixar contentes. E qdo se trata de coisinhas tão indefesas, nossa!!!!!!!!!!!!!!!

Ce sabe que eu tb amo animais. No momento a Gatinha tem tomado muito de minha atenção e os cuidados com ela continuam intensivos. Ao final, sei que vai dar tudo certo. A cada dia está melhor e logo vai sarar. Uma pena eu não poder tê-la em minha casa!!!!!!!!

Beijinhos com abrisa do mar, zz.

Alessandra Mosquera said...

Que legal!
Eu também nao gosto muito quando crianças se aproximam do Pancho, mas porque eu tenho medo que ele, sem querer, assuste a criança, derrube-a, e aí a mae pode reclamar, a criança vai chorar e fica aquela situaçao (como já me aconteceu uma vez). Mas adoro quando uma criança vem, pede licença para toca-lo, brinca com cuidado, faz carinho, conversa com o Pancho... acho tao lindo! Meus vizinhos do andar de cima têm dois meninos, e o mais novo é apaixonado pelo Pancho, sempre pergunta sobre ele quando me vê sem ele, e se estamos juntos pede para acaricia-lo. Se eu noto que a criança gosta mesmo e é tranquila, ensino a toca-lo, mando ele sentar, até mando o Pancho fazer algum truque, e aí, claro, a criança vibra!
Também amo meu marido quando ele demonstra seu carinho aos animais, eu também nao poderia me casar com alguém que nao quisesse ter bichos em casa. Foi até uma das primeiras perguntas que fiz quando nos conhecemos, hehehehe... ele é do tipo que se vê um cachorro, tem que tocar, brincar, ele nao consegue ficar parado só olhando, hehehe.

Hi Girl said...

Oi tudo bom?
Estou sempre por aqui conferindo as novidades, mas agora preciso da sua ajuda!
Minha FRASE foi selecionada para um concurso e agora está em votação para ganhar um NETBOOK, por favor, poderia me ajudar a ganhar este presente?
É só clicar aqui http://migre.me/Evby (link encurtado) votar na @sahvianna!

MUITO OBRIGADA A VOCÊ QUE AJUDAR! CONTE COMIGO!!!

Liza Souza said...

Lu,
em 5 anos de relacionamento só vi o Bebeto chorar 2 vezes e uma delas foi de saudade do Miguel-cao, o labrador dele. Achei tao lindo! Tbm nao saberia conviver com alguem que nao gosta de animais, inclusive estamos contando os segundos para arrumar um cachorrinho pra gente.
Beijos

Mila Viegas said...

Adorei o videozinho! Meu filho também é assim... super cuidadoso e carinho com os bichinhos, sejam os nossos ou os outros.
Acho importante esse contato das crianças com os animais, e conscientizá-los de que precisam de muito carinho e cuidados.

Beijos

Lu Souza Brito said...

Luuu,
Não consegui ver o video porque minha net tá uma droga.
Mas achei tão bonitinho você descrevendo a sua relação e do Al com os animaizinhos. Parece que está falndo do meu próprio marido. Ele ama bichos. Já teve até um porco de estimação chamava Cheiroso, um veado além de inúmeros cachorros. Eu sempre tive cachorro em casa, mas era da familia, nenhum meu somente. Mas esta que tenho a pouco mais de 3 anos me deixou apaixonada. E a gente fica mais humana, sabe???